Pular para o conteúdo principal

O Inferno São Os Outros - Cia. Quinhoeiros De Pirandello

Sartre em sua famosa frase resumiu os sentimentos transmitidos pelo povo, ao citar – “o inferno são os outros.”
 Como esconder-se do olhar do outro, dos seus julgamentos, dos diferentes pontos de vista que incomodam.

Tudo na vida depende de como as pessoas que convivem se relacionam, é preciso ter diálogo para que as ideias sejam uma em relação às outras claras.

O inferno igual é feito do Céu a diferença são as pessoas que estão nesse local são as pessoas responsáveis pelas atitudes e bens estar da convivência ética.

As pessoas podem estar em um local muito lindo, mas ao mesmo tempo a sensação é ruim, pois há discussão, nesse local, a íntegra tornando o ambiente pesado e ruim, podendo o grupo que usam as pessoas a convivência estar fazendo disso uma tortura ou um bem estar ótimo.

Por isso as pessoas se assustam ao ver pessoas que não ficam loucas por causa de atritos ou ser uma carga pesada de relações turbulentas e eles ficam calmas independentes do ambiente.

Claro que o ambiente influencia as pessoas os deixa mais tenso caso se encontre em um estado que não tenham benefícios que elas tiveram antes.

O ser humano para definição usa para si o estado de comparação de outras pessoas e o estado atual que ela se encontra, mas partindo dessa principio ser ignoramos esses estados de comparação para sentimos bem em relação aos outros iremos saber que não importa muito que você tenha feito ou não, mas o que você vai fazer em relação a isso.

A peça O inferno são os outros aborda mais isso não depende de você mais de uma serie de conjuntos para que a saída e a entrada não sejam coisas ruins, mas oportunidades de fazer melhor e o que é melhor e pior este relacionado às pessoas que você encontra pelo caminho.

Agradeço ao Diretor da peça apresentada no Ceú Vila Rubi

Mário José Cutolo e a todos os Atores e Atrizes.

Cia. Quinhoeiros De Pirandello

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você não tem base - Aguinaldo Prandini Ricieri

Em uma palestra no Prandiano Museu da Matemática com o Prof.Ricieri Prandiano (sim ele criou o museu,é dono do museu), sendo o Palestrante, em uma data especial no dia dos Pais (agradeço a Rose Mary pela super companhia), fui assistir e ouvir uma fascinante palestra sobre quase todas as áreas da matemática e o contexto do matemático em varias disciplinas e como "a vida" é em relação a vida desse Grade Mestre da Matemática do Brasil.

Em uma celebre frase ele expressou quando:

"Quando indagava a respeito de algum assunto que não entendia meu professor na USP dizia que 'VOCÊ NÃO TEM BASE' e ficava sem entender o assunto pois meu professor no ensino médio não ensinou para mim os conceitos mais básicos da matemática".
"No Brasil, hoje a matemática é uma piada, uma piada." Em relação as escolas de ensino médio.

Sim eu o considero um gênio estilo Steve Jobs brasileiro.

"Muitos educadores nem sabem o significado da palavra matemática, "ensinam" …

Estudo do Filme " A FUGA DAS GALINHAS " em estratégia.

Estratégia no filme "A fuga das galinhas", as galinhas não querem ficar na granja por medo e fogem.
"No ano de 1950, em uma granja dedicada à criação de galinhas em Yorkshire, a galinha Ginger procura desesperadamente uma maneira de conseguir escapar ao fim trágico que os seus donos reservaram para ela e os seus companheiros de granja e viver em liberdade num santuário.
Após várias tentativas não muito bem sucedidas, "voando", surge no galinheiro o galo Rocky, com uma ambiciosa promessa: ensinar as galinhas a voar. Mas o tempo de Ginger e Rocky é muito pouco: a família Tweedy, donos da granja, compraram uma máquina que faz tortas de galinha, e que rapidamente entrará em funcionamento e irá acabar com toda a população do local, apenas se o bravo Rocky conseguir impedir, com a ajuda de todos os habitantes do galinheiro, inclusive os comedores de ovos Nick e Feacher os gulosos ratinhos"
segundo: Pt.wikipedia.

 Estratégia:

1° fazer um Catapulta com objetivo…