Pular para o conteúdo principal

O preço da liberdade é a eterna vigilância

Hoje não vou procurar o traficante
Nem o médico, o padre ou o pastor

Não vou me afogar nas mulheres
Não vou falar bem do governo
Hoje não serei patriota
Não vou babar no pôr do sol
Hoje eu vou é vomitar todos os sapos no colo do meu patrão
Não vou ler jornal nem me olhar no espelho
Hoje não vou salivar pelo meu prato preferido
Hoje não vou tomar partido
Que gosto estranho tem a liberdade.

Nem no remédio que meu melhor amigo tem pra dor

Nem mal da oposição

Que se dane o Brasil, a China, o Afeganistão

Nem amaldiçoar a poluição


Eles sempre enganam, aprendi

Nem lamentar a fome de quem está fodido



'Cansei de filme de guerra, holocausto, tortura, exorcismo, crise existencial, sequestros, erro médico, suicídio, trapaça. Agora só vejo comédia romântica, dessas que não valem o preço do ingresso. Ando abençoando a alienação...'

Andrea-anônimo
 
Não se interessar por nada, como licença poética, descanso, ou alívio, e para sentir-se "livre", é, eventualmente, de suma importância. Dizem que até Deus descansou ao sétimo dia rsrs.
Tenho como o melhor da vida, depois da santa saúde, a seminal liberdade.

Porém, "O preço da liberdade é a eterna vigilância".

Concordo com o Napoleão Bonaparte: "A maior batalha que eu travo, é contra mim mesmo."
Ato contínuo, creio que, para a verdadeira liberdade, necessitamos nos voltar para nós mesmos, vigiando nossos pensamentos. Porque são eles que comandam nossas vidas e podem gerar sentimentos que funcionam tal qual prisão, como a raiva, o ciúme, o medo, a inveja, a tristeza, a angústia, e que podem nos levar a atitudes nocivas...ou de transferência e projeção e sairmos culpando tudo e todos por nossos desacertos.

Assim, se as coisas não estiverem indo bem , nos sentindo presos de alguma forma, paremos e observemos nossas atitudes, sentimentos e pensamentos. Quem quer ser realmente livre, deve estar sempre vigilante, mas não somente atento a jornais, teve, enfim, ao resto do mundo, como muitos pensam. Quem quer gozar a verdadeira liberdade, deve tomar cuidado com os próprios pensamentos. Esse é o preço. Há mentes livres na prisão e mentes presas nas praças e jardins.

Muitos tolos supõem que alienando-se politicamente, estarão livres.


"Política não é partido (político). Partido é uma das formas de fazer política. Faz-se política na família, na igreja, no trabalho, na escola e também na gestão pública. Desse ponto de vista, é preciso se interessar por política para não cair numa postura individualista, tolamente exclusiva", pontua Mario Sergio Cortella.


Quem melhor esquadrinhou esta questão, na minha desimportante conceituação foi Bertolt Brecht: "O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais".

Marcos Lúcio-anônimo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você não tem base - Aguinaldo Prandini Ricieri

Em uma palestra no Prandiano Museu da Matemática com o Prof.Ricieri Prandiano (sim ele criou o museu,é dono do museu), sendo o Palestrante, em uma data especial no dia dos Pais (agradeço a Rose Mary pela super companhia), fui assistir e ouvir uma fascinante palestra sobre quase todas as áreas da matemática e o contexto do matemático em varias disciplinas e como "a vida" é em relação a vida desse Grade Mestre da Matemática do Brasil.

Em uma celebre frase ele expressou quando:

"Quando indagava a respeito de algum assunto que não entendia meu professor na USP dizia que 'VOCÊ NÃO TEM BASE' e ficava sem entender o assunto pois meu professor no ensino médio não ensinou para mim os conceitos mais básicos da matemática".
"No Brasil, hoje a matemática é uma piada, uma piada." Em relação as escolas de ensino médio.

Sim eu o considero um gênio estilo Steve Jobs brasileiro.

"Muitos educadores nem sabem o significado da palavra matemática, "ensinam" …

Estudo do Filme " A FUGA DAS GALINHAS " em estratégia.

Estratégia no filme "A fuga das galinhas", as galinhas não querem ficar na granja por medo e fogem.
"No ano de 1950, em uma granja dedicada à criação de galinhas em Yorkshire, a galinha Ginger procura desesperadamente uma maneira de conseguir escapar ao fim trágico que os seus donos reservaram para ela e os seus companheiros de granja e viver em liberdade num santuário.
Após várias tentativas não muito bem sucedidas, "voando", surge no galinheiro o galo Rocky, com uma ambiciosa promessa: ensinar as galinhas a voar. Mas o tempo de Ginger e Rocky é muito pouco: a família Tweedy, donos da granja, compraram uma máquina que faz tortas de galinha, e que rapidamente entrará em funcionamento e irá acabar com toda a população do local, apenas se o bravo Rocky conseguir impedir, com a ajuda de todos os habitantes do galinheiro, inclusive os comedores de ovos Nick e Feacher os gulosos ratinhos"
segundo: Pt.wikipedia.

 Estratégia:

1° fazer um Catapulta com objetivo…